Postado em 24 de Maio de 2016 às 14h09

    Você mais feliz!

    Gerais (42)

    Aprenda a expressar a sua raiva!

    Porque engolimos a raiva com tanta freqüência mesmo sabendo que faz mal?

    Por três motivos: medo de perder o amor do outro, desejo de evitar conflitos, e proteção da própria imagem.
    As mulheres com fama de boazinhas sentem mais dificuldade em expressar a fúria e ainda quem use a máscara de superioridade para fugir dela negando que é vulnerável às ofensas alheias.
    Temos a figura da mãe e da esposa que associamos a docilidade e nutrição. Isso é fruto de nossa cultura. Por isso a mulher raivosa tende a se sentir má ou culpada. Mas os conflitos precisam ser superados e não camuflados. Engolir é péssimo e dissimular de nada adianta – as tensões acabam se manifestando por meio de doenças, dores, pensamentos e alfinetadas destrutivas.
    Os outros não “devem” ouvir sua raiva mas você pode sofrer por ela? Pense nisso.

    Por Ieda Dreger. 

    Veja também

    Os relacionamentos suportam as diferenças? (Raça, cultura, religião, etc)24/05/16 Na maioria dos casos, diferenças dentro de uma relação são importantes. Porque se tudo fosse muito igual o casal entraria numa rotina extremamente danosa ao relacionamento. As diferenças também são importantes para que as pessoas aprendam a negociar, ceder, conversar e trocar. No entanto, em algumas relações, estas diferenças são......
    Perdendo alguém que amamos24/05/16 A dor é suportável quando conseguimos acreditar que ela terá um fim e não quando fingimos que ela não existe.´ (A. B. Campbell) Primeiramente, quero abordar alguns mitos sobre o luto, que dificultam uma......
    Educação é dever de quem?24/05/16 Uma das coisas mais difíceis que existe nesta vida é educar um ser humano, pois que demanda a nossa atenção por um tempo bastante longo se não por toda a vida. Alguns fatores apontam as causas da falta de limites na......

    Voltar para Blog