Postado em 24 de Maio de 2016 às 14h09

    Você mais feliz!

    Gerais (41)

    Aprenda a expressar a sua raiva!

    Porque engolimos a raiva com tanta freqüência mesmo sabendo que faz mal?

    Por três motivos: medo de perder o amor do outro, desejo de evitar conflitos, e proteção da própria imagem.
    As mulheres com fama de boazinhas sentem mais dificuldade em expressar a fúria e ainda quem use a máscara de superioridade para fugir dela negando que é vulnerável às ofensas alheias.
    Temos a figura da mãe e da esposa que associamos a docilidade e nutrição. Isso é fruto de nossa cultura. Por isso a mulher raivosa tende a se sentir má ou culpada. Mas os conflitos precisam ser superados e não camuflados. Engolir é péssimo e dissimular de nada adianta – as tensões acabam se manifestando por meio de doenças, dores, pensamentos e alfinetadas destrutivas.
    Os outros não “devem” ouvir sua raiva mas você pode sofrer por ela? Pense nisso.

    Por Ieda Dreger. 

    Veja também

    Filho mal educado o seu trabalho é dobrado25/05/16 Se você sente que a educação do filhote escapou ao seu controle, é hora de reavaliar a maneira como conduz a relação com ele. Os pais são os primeiros responsáveis pela educação dos filhos. Certas ou erradas, as suas atitudes refletem nas ações dos herdeiros: pais são modelos e o filho é o espelho. Além......
    "Eu preciso de você" - Um amor por necessidade24/05/16 Quando temos a experiência de amar por necessidade em vez de querer estar com o outro porque o amamos, corremos o risco de sofrer e perder a identidade. Uma das características da infância é a dificuldade em dividir as coisas.......
    Se você é fofoqueiro (a), cuidado! A próxima vítima poderá ser você!24/05/16 Frequentemente alguém formula uma crítica destrutiva sobre a vida de um ator famoso, sem razões e fundamentos, apenas porque seu papel em uma novela ou um filme é de bandido, traficante, e outros. Às vezes os conselhos de......

    Voltar para Blog