Postado em 24 de Maio de 2016 às 14h09

    Você mais feliz!

    Gerais (42)

    Aprenda a expressar a sua raiva!

    Porque engolimos a raiva com tanta freqüência mesmo sabendo que faz mal?

    Por três motivos: medo de perder o amor do outro, desejo de evitar conflitos, e proteção da própria imagem.
    As mulheres com fama de boazinhas sentem mais dificuldade em expressar a fúria e ainda quem use a máscara de superioridade para fugir dela negando que é vulnerável às ofensas alheias.
    Temos a figura da mãe e da esposa que associamos a docilidade e nutrição. Isso é fruto de nossa cultura. Por isso a mulher raivosa tende a se sentir má ou culpada. Mas os conflitos precisam ser superados e não camuflados. Engolir é péssimo e dissimular de nada adianta – as tensões acabam se manifestando por meio de doenças, dores, pensamentos e alfinetadas destrutivas.
    Os outros não “devem” ouvir sua raiva mas você pode sofrer por ela? Pense nisso.

    Por Ieda Dreger. 

    Veja também

    Estar sozinho é uma escolha24/05/16 Quando alguém me procura para iniciar uma psicoterapia por sentir-se sozinho ou descontente com algum aspecto de sua vida, costumo sugerir inicialmente “uma checagem” de sua vida emocional e afetiva. As perguntas “Porque estou sozinho?”, “Porque não consigo encontrar alguém para mim?”, podem ser substituídas por: “O que eu fiz com minha......
    Raiva e comida: que relação isso tem?24/05/16 A raiva é uma emoção natural que gera um impulso ou reação para lutar. Ocorre diante de uma ameaça simbólica ou real à nossa auto estima , dignidade. Quando recebemos tratamento indelicado, quando nos......
    Perdendo alguém que amamos24/05/16 A dor é suportável quando conseguimos acreditar que ela terá um fim e não quando fingimos que ela não existe.´ (A. B. Campbell) Primeiramente, quero abordar alguns mitos sobre o luto, que dificultam uma......

    Voltar para Blog